2015 SERÁ UM ANO UNIVERSAL 8!

 

Basta somarmos os seus algarismos, para sabermos qual é a sua vibração (2+1+5= 8).
Um ano que está sendo muito esperado pela maioria das pessoas, visto que trata-se do ano da materialidade, da colheita, das realizações. O ano universal 8 nos permite o progresso material, financeiro, ascensão profissional, mas nem todos desfrutarão desse lado positivo. É preciso saber viver a energia do 8!
O 8 é o mais material, sólido e terreno de todos os números. Representa a totalidade do Universo, o Eterno e o Infinito (basta virá-lo na horizontal).
Esse fantástico número está ligado à riqueza, abundância, prosperidade, mas sempre com retidão, ética e justiça.
É preciso que tenhamos planejamento, foco e execução!
O que você quer trazer para sua vida em 2015?
Os participantes de nossa PALESTRA já estão preparando seus projetos e mandalas de desejos para o ano novo.
A notícia boa é que, se não lhe foi possível participar dos nossos eventos, temos agora como lhe enviar um E-BOOK com o conteúdo da palestra, falando não só de NUMEROLOGIA (8), como de TARÔ, ASTROLOGIA, ORIXÁ DO ANO, ARCANO REGENTE, HORÓSCOPO CHINÊS, CRISTAL DO ANO, RITUAL PARA O SENHOR DOS CARMAS E CONFECÇÃO DA MANDALA DOS DESEJOS, além de outras dicas preciosas!
Você recebe também o seu ESTUDO PERSONALIZADO, explicando-lhe como viver melhor a vibração do ano universal 8, juntamente com o ANO PESSOAL em que você se encontra.
Por isso, ao adquirí-lo, envie-nos um email com seu nome e data de nascimento, para que possamos proceder ao estudo.
Escreva para:wanicebonavigo@gmail.com. O pagamento de R$35,00 pode ser feito pelo Pag Seguro ou em conta bancária (necessário enviar email para que forneçamos os dados bancários).

 

Pin It on Pinterest

Shares
Share This
11-mailing

Inscreva-se com seu melhor e-mail

Faça parte da nossa lista VIP!

Você foi cadastrado com sucesso!

Leia o post anterior:
frutas-secas
FENG SHUI PARA MESA DE NATAL E ANO NOVO

Você sabia que arrumar uma mesa para uma comemoração é um verdadeiro ritual? Nós, cristãos, temos sempre como referência a...

Fechar