Por que a Mandala dos Desejos dá tão certo? Qual é a magia?

Bem, em primeiro lugar, veja que trabalhamos com um CÍRCULO e isso faz toda diferença, pois cria-se uma concentração de energia dentro da forma circular, o que potencializa nossas intenções, mas isso não é tudo…nós montamos uma Mandala, representando através de imagens, de palavras de poder, os nossos desejos e, segundo a cultura indiana, a Mandala faz uma ponte entre o mundo material e o plano superior, ou seja, toda Mandala é sagrada. Assim, tudo o que desejamos será potencializado e a grande força da Mandala está no seu centro. Para o centro convergem as energias contidas no círculo e nesse centro há uma imagem da pessoa envolvida, um testemunho poderoso, uma representação fiel de quem almeja tudo que ali se encontra e que passa a atrair tudo aquilo para si.
Nós temos no nosso cérebro duas partes: consciente e inconsciente. Para mudarmos a nossa realidade, precisamos ativar principalmente a parte inconsciente, pois é ela que muitas vezes nos limita e não nos permite usufruir de muitas coisas. E o inconsciente representa 95% do nosso potencial cerebral e a notícia boa é que, a linguagem que melhor “conversa” com o nosso inconsciente, é representada por imagens. Por isso é importante nos soltarmos ao confeccionarmos a nossa Mandala dos Desejos, fazendo uma atividade lúdica, prazerosa, para que nos sintamos
motivados 365 dias por ano e não somente no seu início. Nossa Mandala precisa ficar colorida, bonita, feliz e com a nossa cara!
E o que ajuda ainda mais? A repetição. Nosso cérebro aprende por repetição. Então vamos aproveitar e trabalhar com duas coisas infalíveis: visualizar e tornar isso um hábito, então a nossa Mandala precisa estar em local acessível, ainda que preservado. E vamos olhar para ela, interagir, visualizar o que já conquistamos e o que está por vir.

 Interagir com a sua Mandala é importante!

Eu tenho por hábito “entrar na minha Mandala”. Como assim? Eu já começo a entrar naquela energia…Explicando melhor, se meu objetivo é ir para Londres, por exemplo, eu começo a seguir blogs que falem sobre a cidade, eu vou no Wikipedia, consulto mapas do local, vejo vídeos no youtube e principalmente…já me vejo lá! É uma forma de exercitarmos a visualização criativa e também de nos sentirmos merecedores.
E assim podemos fazer com tudo: o curso que queremos, o relacionamento que esperamos, a casa que buscamos, a boa forma que procuramos, enfim…a Mandala faz a sua magia e nós fazemos a nossa parte.
E você? Já pensou na sua Mandala dos Desejos?

Pin It on Pinterest

Shares
Share This
11-mailing

Inscreva-se com seu melhor e-mail

Faça parte da nossa lista VIP!

Você foi cadastrado com sucesso!

Leia o post anterior:
2016 - O ANO 9!
2016 – O ANO 9!

2016 será um ANO UNIVERSAL 9, basta somar os algarismos 2+1+6 para chegar na vibração quântica que nos influenciará de...

Fechar